Rondônia

Entenda o que acontece após o Reino Unido ter saído da União Européia

Em Londres, apoiador do Brexit agita bandeira em comemoração à saída do Reino Unido da União Europeia nesta sexta-feira (31) — Foto: Henry Nicholls/Reuters

O Reino Unido deixou a União Europeia às 23 horas (20 horas de Brasília) desta sexta-feira (31), mais de três anos e meio depois de ter decidido pelo Brexit em um referendo, em 23 de junho de 2016. Mas isso não significa que os britânicos não estarão mais conectados ao bloco de um dia para o outro.

Durante 11 meses, as duas partes ainda terão um período de transição, em que vários detalhes do relacionamento entre elas serão negociados. Entre os mais importantes estão:

Circulação de cidadãos europeus e britânicos entre Reino Unido e União Europeia (incluindo regras de habilitação e passaportes de animais)
Permissões de residência e trabalho para europeus no Reino Unido e britânicos na UE
Comércio entre Reino Unido e União Europeia, tarifas de importação, livre circulação de mercadorias
Questões de segurança, compartilhamento de dados e segurança
Licenciamento e regulamentação de medicamentos
Circulação de alimentos.


Brexit: veja a contagem regressiva e a festa em Londres após saída do Reino Unido da UE

Destas, a questão mais importante, sem dúvida, é a comercial, já que a UE respondeu por 49% das negociações do Reino Unido em 2019.

Se em 11 meses não for possível chegar a um acordo sobre livre comércio, a saída será sem acordo. O Reino Unido passa a seguir os termos da Organização Mundial de Comércio e produtores e importadores britânicos passam a pagar tarifas que hoje não existem para vender e comprar produtos europeus, além de serem sujeitos às mesmas regras que outros parceiros da OMC.

Fonte: G1