Irã recua e diz que não decidiu se enviará caixas pretas de avião

O Irã voltou atrás e disse que ainda está decidindo se enviará para outros países as caixas pretas do avião ucraniano que foi abatido por engano. De acordo com a agência estatal iraniana Irna, o oficial que está liderando as investigações sobre o caso, Hassan Rezaeifar, disse que especialistas do país estão examinando os dispositivos de segurança.
Veja mais no MSN Brasil:

“Estamos tentando ler as caixas pretas aqui no Irã; caso contrário, nossas opções são Ucrânia e França, mas nenhuma decisão foi tomada até agora para enviá-las para outro país”, afirmou neste domingo (19.jan.2020).

No sábado (18.jan), ele havia informado que elas seriam entregues à Ucrânia porque o Irã não tem a tecnologia necessária para fazer a análise e poderia danificá-las.

O Boeing 737 da Ukraine International Airlines foi abatido por mísseis da Guarda Revolucionária do Irã em 8 de janeiro, logo depois de sua decolagem, matando todas as 176 pessoas que estavam a bordo, inclusive crianças

Fonte:MSN