Nove pessoas são presas por tráfico e agiotagem durante operação da Polícia Civil, em RO

14 Anos - Nove pessoas foram presas e mandados de busca e apreensão foram cumpridos durante a Operação Cátedra na manhã desta terça-feira (8) nos municípios de Cacoal (RO), na Zona da Mata, São Miguel do Guaporé (RO) e Presidente Médici (RO), na Região Central.

Segundo informações da Polícia Civil, a operação tem como objetivo coletar provas dos crimes de tráfico de drogas, financiamento ao tráfico, lavagem de capitais, usura e extorsão e de organização criminosa.

As investigações levantaram informações sobre a existência de uma organização criminosa, com sede em Cacoal, que atuava com tráfico interestadual de drogas, usura e extorsão (agiotagem), além de lavagem de dinheiro.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, as investigações apontaram para a existência de dois núcleos de atuação, sendo um destinado à venda de drogas e outra voltada à agiotagem. A organização lavava o dinheiro das drogas e o utilizava para potencializar os lucros da agiotagem. Esses lucros, por sua vez, refinanciavam o tráfico de entorpecentes.

Cerca de 40 agentes cumpriram nove mandados de prisão temporária e 11 de busca e apreensão, expedidos pela 2ª Vara Criminal da comarca de Cacoal. Um policial civil e um advogado estiveram entre os alvos da operação.

Durante a ação dos policiais uma quantidade considerável de droga, aparentando ser maconha, foi apreendida e com isso houve também prisão em flagrante.

A operação foi realizada pelo Núcleo de Repressão às Ações Criminosas Organizadas, com apoio da Coordenadoria de Recursos Especiais e o do Núcleo de Inteligência da Polícia Militar de Cacoal e de São Miguel do Guaporé.

Nome da operação

A Polícia Civil informou que a operação foi nomeada como Cátedra pois os principais integrantes da quadrilha seriam amigos desde a época em que cursaram Direito juntos em uma faculdade da região.

Fonte: G1/RO