Morre o empresário que se atirou acidentalmente com um tiro na virilha, em RO

14 anos -

O site Folha do Sul Online, confirmou, junto a um familiar, o falecimento do empresário Orlando da Silva Vaz, 30 anos. O óbito aconteceu na madrugada deste sábado, 05, no Hospital de Base, em Porto Velho.

Dono de um pequeno mercado na avenida José do Patrocínio, Orlando disparou acidentalmente um tiro de pistola na região da própria virilha. Ele foi estabilizado após uma cirurgia de emergência, no Hospital Regional de Vilhena, antes de ser transferido para Cacoal. De Cacoal, o vilhenense foi transferido para o Hospital João Paulo II, na capital. Para fazer uma nova cirurgia, ele foi mandado para o Hospital de Base, também em Porto Velho.

De acordo com o parente entrevistado, o jovem empresário foi submetido à nova cirurgia na noite de ontem, mas sofreu uma hemorragia e faleceu logo após o procedimento. Ele não falava, mas estava agitado desde o acidente que acabou o levando à morte. O corpo de Orlando será trazido para Vilhena, onde acontecerá o velório e o sepultamento.

Entenda o caso

Um empresário de 30 anos foi encaminhado ao Hospital Regional de Vilhena, após disparar acidentalmente com uma arma de fogo contra si mesmo. O caso aconteceu na noite de terça-feira, 03, na avenida Benno Luiz Graebin, no bairro Jardim das Oliveiras.

De acordo com uma testemunha, que acompanhava o homem ferido, Orlando da Silva Vaz havia ido até sua casa para lhe passar o dinheiro de uma dívida. Enquanto os dois conversavam, o empresário tentou arrumar uma pistola que estava em sua cintura, mas a arma disparou acidentalmente.

O amigo então o levou para o HRV, junto com a arma, que foi entregue para a Polícia Militar com 11 munições intactas. Já em contato com a médica, ela informou que a bala atingiu a artéria femoral da perna esquerda do homem, por isso, o ferido foi submetido a cirurgia.

A ocorrência dá conta de que não foi possível averiguar se ele tinha registro da arma e autorização para portá-la. O caso está registrado na Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp).

Fonte: Folha do Sul
Autor: Da redação