Polícia Civil prende irmão que matou irmã por dívida, em Porto Velho, RO

Um jovem identificado como Ítalo V. L. V. de 18 anos, matou a própria irmã identificada como Davilla V. L. V. de 19 anos, com um tiro na cabeça durante a noite de sexta-feira (06), no quarto de uma residência localizada na Rua Cabo Verde, bairro Três Marias, setor leste de Porto Velho.

De acordo com informações no local junto às testemunhas, a vítima estava no quarto quando o suspeito chegou e entrou e teria falado para ela, se a mesma iria lhe pagar ou não, e depois efetuou um disparo quase que a queima roupas na região da cabeça da vítima, em seguida ele ainda permaneceu no local e depois que o Samu chegou no local ele saiu correndo tomando rumo ignorado.
Após ser constatado o óbito da vítima, dois elementos ambos com 19 anos, entraram na casa e pegaram a arma que estava jogada e saíram, porém foram alcançados por populares e a Polícia Militar os prendeu de posse de uma arma de fogo calibre 28 de fabricação caseira, questionados sobre a arma e o motivo deles terem pegado, um deles falou que era de sua propriedade e que havia emprestava para o suspeito, mais não imaginavam que ele iria atirar contra a própria irmã.
O local foi isolado e a perícia criminal fez os trabalhos necessários e o corpo foi liberado para o rabecão que encaminhou para o Instituto Médico Legal para exames. Uma equipe da delegacia de crimes contra a vida estiveram no local colhendo informações para da seguimento nas investigações, pois Ítalo havia dito para os familiares que iria se entregar para a Polícia, mais até o término dessa ocorrência ele ainda estava como foragido.

Prisão do suspeito

Agentes da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Vida (DECCV) em conjunto com a Polícia Militar prenderam o suspeito no início da madrugada deste sábado (07). Ítalo L. V., 18, é acusado de matar a irmã D'Ávila Vitória, 19, com um tiro na testa em uma residência localizada na Rua Cabo Verde, bairro Três Marias, zona Leste de Porto Velho (RO).

Após receberem informações, os investigadores da Polícia Civil com apoio da PM localizaram o homicida na residência da namorada dele, no bairro Três Marias. Nas redes sociais Ítalo ainda fez publicação pedindo desculpas da irmã e dizendo que nunca ia ser perdoado.

Ele foi encaminhado para a Central de Flagrantes para ser indiciado pelo crime. Ítalo ainda não confirmou qual seria a real motivação para a execução da irmã.

Fonte: News Rondônia/Rondônia Ao Vivo