Entidades lamentam morte de Odacir Soares, ex-senador de Rondônia

Ex-senador estava internado em Brasília tratando de um câncer.  — Foto: Reprodução/Facebook
Várias entidades divulgaram nota, nesta sexta-feira (13), lamentando a morte do ex-senador de Rondônia. Odacir Soares morreu aos 80 anos, na quinta-feira (12), em decorrência de um câncer.

O ex-senador estava internado há uma semana no Hospital do Coração, em Brasília, cuidando de uma forte infecção decorrente de complicações durante o tratamento do câncer. Na quinta, o quadro de saúde de Odacir se agravou e ele não resistiu aos ferimentos.

Através de nota da prefeitura de Porto Velho, o prefeito Hildon Chaves lamentou a morte do político. "Rondônia perde um grande homem e um grande líder. Meus profundos sentimentos em nome da população de Porto Velho", diz o prefeito em nota.

A Assembleia Legislativa de Rondônia (ALE-RO) afirma que Odacir "foi um dos grandes políticos do país, engrandecendo o nome do Estado por décadas de atuação política no Congresso Nacional" e que a Casa de Leis se coloca "à disposição da família para a realização de cerimônias de despedidas a esse grande político".

A Associação dos Magistrados de Rondônia (Ameron) também publicou nota de apoio aos familiares e amigos de Odacir. A entidade afirma que a atuação na vida pública do senador "foi notada pelo comprometimento com a ética e responsabilidade social".

Já a Fecomércio relembrou a trajetória de Odacir na política. "Ele contribuiu para o desenvolvimento do Estado de Rondônia. Neste momento de tristeza e dor prestamos nossos pesares à família e amigos deste grande homem", diz a nota de Raniery Araujo Coelho, presidente da Fecomércio.

O corpo do ex-senador deverá ser sepultado em Brasília, ainda nesta sexta-feira.

Fonte: G1/RO