Cinegrafista da TV Rondônia e mais duas pessoas desaparecem no rio Madeira, em RO

Busca por vítimas será retomada no domingo (8), segundo os Bombeiros.  — Foto: Rede Amazônica/Reprodução
O cinegrafista da Rede Amazônica Clebson Ribeiro da Cunha está entre os três desaparecidos após uma embarcação virar no rio Madeira, em Porto Velho, na noite de sexta-feira (6). Conforme as primeiras informações repassadas pelo Corpo de Bombeiros, outras duas pessoas, um homem e a irmã de Clebson, Cleidiane Ribeiro da Cunha – também teriam sumido no mesmo acidente.

As vítimas, ainda segundo os Bombeiros, caíram no rio durante uma tempestade, na região de Portochuelo, área ribeirinha da capital. Um tio de Clebson contou que os ocupantes do barco estavam em um passeio em retornavam ao sítio da família quando sumiram.

Equipes do Corpo de Bombeiros iniciaram buscas pela região do desaparecimento na manhã deste sábado (7). Clebson Ribeiro da Cunha trabalha na Rede Amazônica desde 2009. Ele está afastado da função há mais de um ano por problemas de saúde.

Por conta do baixo nível das águas do rio Madeira graças ao período de estiagem, as buscas foram retomadas por volta das 7h deste domingo(8), segundo o Corpo de Bombeiros. 

Bombeiros tentaram dar início aos trabalhos, mas nível baixo do rio dificultou.  — Foto: Rede Amazônica/Reprodução

Clebson Ribeiro, cinegrafista da Rede Amazônica, está entre os desaparecidos.  — Foto: Facebook/Reprodução

Cinegrafista Clebson Ribeiro desapareceu no rio Madeira na última sexta-feira (6).  — Foto: Arquivo pessoal





Fonte: G1/RO