Últimas Notícias do Brasil e do Mundo

FUNCET e COMCA realizam a IV Conferência Municipal de Cultura, em Ariquemes.

Eixos temáticos foram expostos e debatidos nos dias 08 e 09 de agosto, no auditório da Universidade Federal de Rondônia – UNIR.

A Prefeitura de Ariquemes, através da Fundação de Cultura, Esporte e Turismo (FUNCET), e o Conselho Municipal de Cultura de Ariquemes (COMCA) realizaram a IV Conferência Municipal de Cultura, nos dias 08 e 09 de agosto, no auditório do Polo da Universidade Federal de Rondônia, em Ariquemes. A convocação para o evento foi publicada pela Prefeitura de Ariquemes na edição nº 2501, do Diário Oficial dos Municípios, no último dia 16 de julho, através do Decreto nº 15.567.

Etapa indispensável para formulação das políticas públicas que serão implementadas na cidade, no âmbito do setor, e integrante das Conferências Estadual e Nacional, trouxe como tema central “Uma política de Estado para a Cultura: os desafios do sistema Estadual de Cultura”. Segundo o coordenador da edição municipal e diretor de Cultura da FUNCET, Marcos Biesek, as propostas elencadas na conferência darão subsídio à construção do Plano Municipal de Cultura, que uma vez aprovado pela Câmara e sancionado pelo Poder Executivo Municipal, normatiza e obriga, por força de lei, o investimento na área. “É um planejamento de ações para o benefício de todos os artistas, de todos os setores de cultura, porque foca na criação de leis que regulamentam o financiamento das ações e garantem acesso dos artistas a estes recursos.” Explicou Biesek.

O primeiro subeixo trabalhado foi “Resgate e conservação do patrimônio histórico material e imaterial de Ariquemes”, exposto por Edson Cavalari, Graduado em História, com pós - lato sensu em Metodologia e Didática do Ensino Superior e Mestre em Geografia (UNIR). Na sequência, a Doutora em Ciências Jurídicas e Sociais pela UMSA – Argentina, Cândrica Madalena Silva, também Advogada e Consultora em Licitações e Contratos, abordou o tema “Os desafios para a produção cultural diversificada e o papel das politicas públicas; Ednair Rodrigues do Nascimento, graduada em Ciências Biológicas pela UNIR, com Mestrado em Paleontologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e professora de Ensino Superior com experiência em: paleontologia, arqueologia, museologia, patrimônio cultural, memória, educação patrimonial, consultoria científica e formação de professores, e que desde 2011 é diretora do Museu da Memória Rondoniense, expôs o terceiro eixo, sob o tema: “Como promover acesso à cultura a todos os cidadãos de maneira democrática e inclusiva”. Terminadas estas etapas, as setoriais estabeleceram quinze propostas, cinco sobre cada eixo debatido, para serem levadas para a fase Estadual, que ocorre de 18 a 20 de outubro, em Cacoal.

DELEGADOS ELEITOS

Conforme o regimento da Conferência, dezesseis delegados foram eleitos para a etapa estadual, cinco representantes do Poder executivo Municipal e onze da sociedade civil Organizada.

Do poder Executivo Municipal, foram eleitos os representantes titulares: Rogério Albino Ferreira Pacheco, Marcelo Pereira da Silva, Carlos Santana da Silva, Rosângela Gomes da Cruz Silva e Jucimar Borba de Lima Martinho; Da sociedade civil Organizada, foram eleitos representantes das nove setoriais, os titulares : Sandromar Chagas Simedico - artes cênicas, Édier William Medeiros da Silva – audiovisual; Cléber Almeida da Rocha – artes visuais e designer; Oscar Costa Borche – Patrimônio Cultural; Izabeli de Castro Lesbão – Literatura; Solange Gomes Bernardes – artesanato; Márcio Norberto de Castro – Música; Leny da Silva Lima – Dança; Mari Santos - Cultura Indígena e Afro descendente; e nas vagas remanescentes, Clebson Carlos de Oliveira e Ederson Lauri Leandro.

Fonte: DECOM/PMA